liberdade pra dentro da cabeça...

É engraçada a experiência de liberdade que decorre de algumas coisas; estamos habituados ao cativeiro e quando nos tornamos livres, ficamos sem saber para onde ir e que atitude tomar. É mais fácil comer cebolas na escravidão do Egito do que administrar a liberdade em busca da terra prometida, como fazia o povo de Israel. Aliás, já que toquei neste assunto, estamos no tempo da Quaresma, tempo penitencial celebrado pela Igreja Católica, em preparação para a Páscoa.

É, tem muito para ser trabalhado na minha vida nestas semanas quaresmais...

Comentários

Postagens mais visitadas